Pelourinho

Posted on 06/10/2009 por

0


Foto: Rafaela Zugaib

Foto: Rafaela Zugaib

por Everaldo Cerqueira

Ao raiar o bom dia,
No Pelô tudo é alegria
E se faz com toda harmonia:
Música, capoeira e magia.

O Pelourinho era da maldade,
Hoje é Pelô da hospitalidade,
Para qualquer turista ver,
E toda a humanidade saber.

Entre os casarios barrocos,
O Pelô nos conta sua história,
Ao som de tambores e cânticos,
Misturada com floclore e fantasia.

Patrimônio é o Pelô
Da humanidade a saber
E culltura baiana é no Pelô
Basta ir lá para conhecer

Para alegrar o povão,
Há uma velha tradição,
Tem toda quinta bênção,
Que é a expressão do povão.

O som vibrante dos tambores,
São rítimos de esperança
E também da liberdade
E do coração puro de uma raça…
Vem a pura expressão do povão…

Anúncios
Posted in: POESIA