Browsing All Posts published on »agosto, 2007«

Beleza pura!

agosto 31, 2007 por

3

Pintores sobrevivem pelas ruas do Pelourinho por Daiane Sales Isolados na esquina, criando ao ar livre. Escondidos e esquecidos nos becos do Centro Histórico de Salvador, andam de um lado a outro, a procura de um olhar sincero sobre a arte. São pessoas simples, que vivem da alegria de pintar, não importa como. Artistas esquecidos, […]

Por trás do véu do sincretismo

agosto 31, 2007 por

13

por Sara Regina Ao caminhar no Pelourinho, quem passa em frente à Igreja do Rosário dos Pretos e escuta batuques de atabaques, ritmos africanos e vê a batina do padre incrementada com desenhos afros pode duvidar que trata-se realmente de uma missa católica. Mas é o que acontece todas as terças-feiras, às 18h, na realização […]

Além da leitura

agosto 31, 2007 por

2

por Neise Silva Soares Muitos argumentam que o “brasileiro tem preguiça de ler”, porém o que se vê nos sebos é uma realidade muito diferente. Algumas pessoas preferem comprar livros mais em conta nesse local e outras gastam verdadeiras fortunas em obras raras ou livros antigos pelo prazer de conseguir completar sua coleção. É uma […]

Onde o Brasil começou

agosto 31, 2007 por

1

por Yuri Abreu e Mariana Nascimento Todas as praças têm história e peculiaridades que as fazem especiais para aqueles que sempre as visitam ou, simplesmente, fazem delas seu caminho para o trabalho todos os dias. Com a Praça da Sé, no Centro Histórico de Salvador, não é diferente. Muito pelo contrário, há coisas que lá […]

Desenhista galanteador

agosto 31, 2007 por

0

por Mariana Nascimento Desenhista por vocação, Jailton Moisés da Silva Brito, 22 anos, trabalha todos os dias na Praça da Sé traçando o rosto de muitas pessoas que por ali transitam. Bastante observador, Jailton olha todos que passam ao seu lado, abordando-os com uma conversa que considera bastante amigável e descontraída. O grande sonho que […]

Berinjela

agosto 31, 2007 por

0

por Flávia Pinheiro “Unindo o útil ao agradável”. Quando se fala na livraria Berinjela, é possível lembrar do ditado popular. Esse ambiente, situado na Travessa da Ajuda, no Edifício Martins Catarino, no centro da cidade de Salvador, é capaz de integrar duas coisas antes consideradas extremamente opostas e segregadas: diversão e cultura.